Blogue Patrocinado Por

Blogue Patrocinado Por

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Torta de Laranja...

Esta é uma das mais cobiçadas receitas de Portugal, o responsável é o Marco Costa e ainda bem que ele decidiu transformá-la numa Receita com Segredo, desvendado!
Há muito tempo, desde os Reality Shows em que ele participou, que esta Torta me andava a piscar o olho, confesso. Sempre que a via quase que caía em tentação...mas depois afastava esses pensamentos e adiava.
Hoje, acordei com vontade de fazer algo bastante guloso e não demorei muito a fazê-la.
A receita é tão simples e o seu resultado é simplesmente perfeito.
Uma Torta de consistência de Pudim, totalmente diferente daquelas que já testei e perfeita!
Não faz, de todo, jus ao seu nome, pois saiu direitinha! Não entendo porque lhe dão este nome...
Torta ou Direitinha, a Torta de Laranja do Marco é deliciosa...sim já belisquei ali um bocadito de uma fatia, mas agora está a refrescar para a sobremesa do almoço.
Inspirem-se para o fim de semana e surpreendam a vossa família e amigos com esta Torta! ;)


Ingredientes:
500g de Açúcar (usei 350g)
50g de farinha
15g de fermento em pó, ROYAL
2 Laranjas
15g de Manteiga
10 ovos
Preparação:
Modo tradicional do Marco:
1. Misturar o açúcar, a farinha e o fermento em pó.
2. Juntar a raspa e o sumo das laranjas.
3. Adicionar os ovos e misturar bem.
4. Derreter a manteiga, sem que esta ferva. Se for em banho-maria, melhor.
Untar uma forma retangular com a manteiga derretida e colocar o papel vegetal, untar este também. Pré-aquecer o forno a 200º.
5. A manteiga derretida que sobra, adicionar ao preparado da Torta e envolver muito bem.
Colocar no forno, baixar para 180º e deixar cozer durante aproximadamente 25Min.
Retirar do forno.
6. Numa folha de papel vegetal, polvilhar com açúcar.
Desenformar a torta neste papel vegetal polvilhado com açúcar e enrolar.
Deixar descansar 20Min.
Levar ao frigorífico para refrescar.
A minha versão Bimby:
1. Lavar as Laranjas, secar e retirar a casca muito finamente.
Colocar no copo. Reservar.
2. Retirar a parte branca das Laranjas e partir em gomos.
Adicionar ao copo.


3. Adicionar o açúcar e programar 1Min./Vel.9


4. Adicionar os ovos. 30Seg./Vel.3


5. Adicionar a farinha e o fermento. 30Seg./Vel.5


6. Pré-aquecer o forno a 200º.
Derreter a manteiga, sem deixar ferver.
Untar o tabuleiro com a manteiga. Forrar com papel vegetal.
Untar o papel vegetal.


7. Adicionar a manteiga derretida ao preparado da torta e envolver muito bem.
Verter no tabuleiro.


8. Levar o tabuleiro ao forno.
Baixar a temperatura do forno para 180º/25Min.
9. Numa folha de papel vegetal, polvilhar com açúcar.


Desenformar a torta neste papel vegetal polvilhado com açúcar e enrolar.


Deixar descansar 20Min.


Levar ao frigorífico para refrescar.
Servir.






sexta-feira, 14 de julho de 2017

Bolo Formigueiro...

Uma receita simples e um regressar...
No passado sábado fui submetida a uma cirurgia, da qual ainda estou a recuperar muito lentamente.
Fui tirar as minhas Amígdalas que tantas dores de garganta me deram, mas a verdade é que após a cirurgia constato que afinal...as dores que elas me causavam nem eram assim tantas comparadas com as que sinto, ainda!
Dizem que esta cirurgia quando feita em criança é muito mais fácil de recuperar e espero mesmo que assim seja, pois as dores que ainda sinto e as que senti nos primeiros dias foram simplesmente terríveis! Não há outra palavra: Terríveis! E nem quero imaginar os pequenitos a passarem pelo mesmo...
O esforço constante para engolir a saliva é e foi a principal dificuldade, seguido do tentar comer... só líquidos e quanto mais gelados melhor!
Gelados: nunca tinha comido um gelado as 6h da manhã e foi o que tive que fazer logo na primeira manhã após a cirurgia. Que dores, que dores!
"Vá lá menina Cristina, tem que engolir! ENGOLIR e não deite nada fora. Engolir, engolir sempre!"
30Minutos para comer um EPÁ! Ó pá, mas...mas...vai ser assim muito tempo?
"Disse" mal, muito mal da minha vida nos primeiros dias, mas hoje já me sinto um bocadinho melhor, um bocadinho melhor... vai ser mesmo aos bocadinhos.
E falar? Ai, falar...escreves num pedaço de papel ou no telemóvel e já não é mau de todo, Cristina!
Murmuro e até isso faz doer.
Cá em casa até já têm saudades dos meus acordes de voz altíssimos, sim sou daquelas que falo alto, gosto de me fazer ouvir BEM!
Até eu já sinto saudades da minha voz. Eu que nasci no Dia Mundial da Voz!
Bem, isto para vos dizer que as publicações vão abrandar um bocadinho, voltarei aos pouquinhos e de acordo com as minhas melhoras. Mas estarei sempre por aqui, afinal sempre posso escrever :D
Não tenho é ainda muita vontade de cozinhar... o sentar à mesa e ver os meus comer coisinhas boas e eu com um prato de sopa gelada à frente é horrível!
A receita de hoje, marca o regresso após a minha cirurgia e foi feita antes da ida para o Hospital de Viseu... não quis ir sem deixar um miminho para as minhas filhas.
Por mais confiança que tivesse na equipa médica havia sempre receio...MEDO e eu fui cheia de MEDO!
Mas, estou em casa, no lugar onde pertenço e a melhorar, LENTAMENTE o que dá cabo do meu sistema nervoso, mas estou cá e as receitas vão regressar!
Sirvam-se de uma fatia e comam por mim que eu vou ali...comer um geladinho! ;)


Ingredientes:
200g Chocolate de leite em pedaços
4 Ovos
150g açúcar
1 iogurte de aroma de Morango
80ml Óleo de Girassol
300g farinha T55
1c. chá de Fermento para bolos
Preparação:
1. Colocar no copo o Chocolate partido em pedaços.
Programar 5Seg./Vel5
Retirar e reservar.
2. Deitar no copo os Ovos, o Açúcar.
4Min./50º/Vel.3
3. Adicionar o iogurte e o óleo.
Misturar 15Seg./Vel.3
4. Adicionar a farinha, fermento e o chocolate reservado.
Envolver 10Seg./Vel.3


5. Pré-aquecer o forno a 180º.
Untar uma forma com chaminé com manteiga e polvilhar com farinha.
Verter o preparado. Levar ao forno 40Min.
Fazer teste do palito para verificar a cozedura.
6. Retirar e deixar arrefecer 10Min. dentro da forma.


Desenformar e servir morno ou frio.





sexta-feira, 7 de julho de 2017

Mousse de Chocolate...

Hoje, celebra-se o Dia Mundial do Chocolate, portanto celebremos de uma forma simples, mas deliciosa que me faz viajar para o meu tempo de infância...
O Chocolate é para muitos irresistível, para alguns uma tentação e para outros é algo de que não prescindem. 
Gosto e gosto bastante do Chocolate Branco, é o meu preferido até...
Uso o Chocolate, frequentemente, em receitas! Claro!
Seja para coberturas, bolos, pudins ou Mousses (ver AQUI , AQUI , AQUI ) ele anda cá pelo Blog, nas suas mais variadas formas.
Mas, hoje, decidi fazer uma Mousse de Chocolate só com 2 ingredientes...pois, assim à moda antiga como sempre me habituei a ver a minha mãe ou a minha avó a fazerem para mim...


Ingredientes:
1 tablete de 200g de Chocolate, LINDT (Chocolate de Leite)
4 Ovos
Preparação:
1. Dividir a tablete de chocolate, da vossa escolha ao meio.
Picar uma das metades com a ajuda de uma faca.
2. Derreter o restante metade do chocolate em banho-maria.
Colocar um tacho ao lume médio com cerca de 200ml de água e um recipiente de vidro em cima com o Chocolate.
3. Mexer até o chocolate estar bem derretido, sem nunca deixar a água ferver.


4. Tirar a taça do lume e adicionar a outra metade do chocolate picado. Envolver muito bem até obter uma mistura cremosa.
5. Separar as claras das gemas e para tal uso a tampa da Bimby desta forma.


6. Bater as claras em castelo bem firmes. Reservar.
7. Deitar as gemas num recipiente e com a ajuda de um garfo, misturar.
Com a ajuda do copo medida adicionar as gemas ao Chocolate temperado.
Envolver bem.


8. Adicionar as claras em castelo ao preparado anterior e envolver delicadamente.


Verter em taças individuais e levar ao frigorífico para refrescar e solidificar.
Servir.




quinta-feira, 6 de julho de 2017

Doce de Ameixas...

Adoro Doces e Compotas, mas das que são feitas em casa, têm outro sabor, único...para além de que o cheirinho que fica pela casa toda é simplesmente maravilhoso.
Fazer Doces e Compotas caseiros é uma forma de aproveitar frutas que possamos ter em abundância, como também uma forma mais saudável e saborosa de preparar um doce.
Depois de preparado, poderá ter várias opções de utilização: barrar numa fatia de pão, mas também complementar outras receitas... ;)
Esta receita de Doce de Ameixas é muito fácil de fazer, assim como tantas outras, mas a presença do Vinho do Porto confere-lhe um toque aromático que o diferencia de outras mais comuns, tornando-o ainda mais saboroso.


Ingredientes:
1kg de Ameixas, maduras
400g Açúcar Amarelo, SIDUL
Sumo de 1 Limão
1 Pau de Canela, SULDOURO - NAVIRES
50ml de Vinho do Porto
Preparação:
1. Preparar as Ameixas: lavar, cortar a meio e descaroçar.
Deverão manter a pele.
2. Colocar todos os ingredientes numa panela e envolver todos os ingredientes muito bem.


3. Deixar repousar o preparado durante 2H para que a ameixa absorva todos os outros ingredientes adicionados libertando desta forma todos os sucos.
4. Levar ao lume, com a panela tapada. Assim que levantar fervura, retirar a tampa e diminuir para lume médio/brando.
Deixar cozinhar por 1H, até que a calda de açúcar ganhe ponto de estrada.
(Aqui deverão ajustar ao vosso gosto:mais ou menos espesso)
5. Pessoalmente, gosto de sentir pedaços em Doces e Compotas, por isso fiz numa panela.
Se não for o vosso caso, podem utilizar a Bimby e triturar.
Nesse caso:
Deverão utilizar apenas metade desta receita.
Depois de descaroçadas as Ameixas, deitar todos os ingredientes no copo.
Programar 60Min./100º/Vel.Colher, sempre sem o copo medida inserido.
Devem vigiar, pois poderá formar-se espuma durante a cozedura e sair para fora.
No final, triturar a gosto.

6. Deixar arrefecer ligeiramente, deitar o Doce em frascos de vidros esterilizados, fechar de imediato e deixar arrefecer a temperatura ambiente. 





terça-feira, 27 de junho de 2017

Olh'às Bolas de Berlim...

Com creme, sem creme... são um atentado calórico para quem não quer sair da linha!
Tradicionalmente, feitas com a massa brioche, ou de alfarroba ou chocolate, com inúmeros recheios: doce de ovos, creme de ovos, compotas...elas fazem sempre sucesso!
Há quem goste, goste muito (eu) e quem goste menos e até há quem não goste...não sei como é que é possível!
O que eu sei, é que eu não lhes resisto e então na praia quando ouço: "Olh'à Bolinha, há com creme e sem creme..." é acionado o botão corre para a carteira, chama o sr. e UFAA:  "Ó Sr. é uma bolinha com creme, sff!" :D
Ora...mas há um problema, praia cá para mim só no mês de Agosto...estamos em Junho, é melhor meter as mãozinhas na massa e fazer umas bolinhas. Claro!
Cá no Blog já existem 2 receitas: ESTASESTAS no FORNO , mas hoje foi dia de testar uma nova receitinha e sim, esta versão é melhor que as anteriores.
Bora lá à receita...


Ingredientes:
Para a Massa Brioche:
300g + 50g farinha T55
1 saqueta 7g de Fermento FERMIPAN
60g Açúcar Branco, SIDUL
1 ovo
50g Margarina
70ml + 70ml Leite
60ml água morna
Para o Creme:
250ml Leite
Casca de 1 Limão
30g farinha Maizena
1 ovo
80g Açúcar
Preparação:
Massa Brioche:

1. No copo deitar 70ml de leite, a saqueta FERMIPAN e 50g de Farinha T55
Programar 1Min./37º/Vel.1


2. Programar mais 1Min./ Espiga
Desligar a Bimby, manter o preparado dentro do copo fechado por 20Min. ou até aumentar de volume para o dobro.


3. Após os 20Min., adicionar todos os outros ingredientes da massa e programar 3Min./Espiga


4. Retirar a massa do copo, deitar num recipiente e deixar a massa descansar 30Min.


5. Depois, numa superfície polvilhada com farinha, amassar muito bem a massa de modo a que esta perca todo o ar que ganhou enquanto descansou.



6. Formar pequenas bolas. Fiz 7, mas dá perfeitamente para 10.


7. Deixar levedar cerca de 45Min.


8. Num recipiente próprio para fritar, deitar óleo de girassol (de modo a que fique com cerca de 2cm de altura), aquecer o óleo a uma temperatura média.
O óleo não deverá estar muito quente, senão as bolas ficarão cruas no centro.
Fritar de ambos os lados.
(Se preferirem podem levar ao forno a 180º até dourarem)
Retirar para um prato revestido com papel de cozinha para retirar o excesso de óleo.
Passar por açúcar granulado e deixar arrefecer.

Creme:
1. Deitar todos os ingredientes no copo e programar 12Min./90º/Vel.2
2. Retirar a casca do limão, deitar o creme num recipiente de vidro e mexer de vez em quando para que arrefeça e não ganhe crosta.


Rechear:
1. Com uma faca de serra, abrir a Bola de Berlim a meio e com a ajuda de um saco de pasteleiro rechear com o creme a gosto.