Blogue Patrocinado Por

Blogue Patrocinado Por

domingo, 29 de março de 2015

Folar de Azeite ou Bolo Amarelo…

Nesta altura do ano e com a proximidade da Páscoa, não há casa cá pela minha terra que não tenha um folar destes à mesa, assim como por muitos outros locais da Beira Alta e suas esbatidas fronteiras, quase a confinar com o Alto Douro.
Atualmente, chamam-lhe o Folar de Azeite, mas eu sempre o conheci com outro nome, ele é: o Bolo Amarelo!
Os ovos caseiros e o azeite do olival dos meus sogros, são os ingredientes que fazem toda a diferença na sua confeção.
Este bolo de azeite é um folar, mas não é doce.
O seu miolo é fofinho e leve com tons dourados.
É um folar trabalhoso (sem Bimby), mas com a Bimby é muito mais fácil.
É uma receita que leva o seu tempo, mas compensa, pois no final, fica bonito e grande!
Esta foi a minha primeira experiência neste mundo dos folares e não me saí nada mal ;)
E porque o fiz?
É tradição obrigatória na Beira Alta, bem no interior, no Domingo de Páscoa, as madrinhas de batismo, oferecerem aos seus afilhados este Folar de Azeite ou Bolo Amarelo.
Este é o meu primeiro ano como Madrinha de batismo e a minha afilhada, Camila, hoje ofereceu-me o Ramo e eu no próximo domingo, vou ter que lhe dar o Folar.
Sendo ela, a minha primeira afilhada quero muito fazer a diferença e manter a tradição.
Assim, hoje foi dia de pela primeira vez testar a receita de família. ;)
2015-03-29 17.48.28

Ingredientes:
Para o isco de levedura:
80g farinha T55
1/2 copo medida de água quente
25g de fermento fresco de padeiro OU 1 saqueta de 7g FERMIPAN
Para a massa:
500g de farinha T55
5 ovos caseiros (temperatura ambiente)
150ml leite morno
100ml de azeite
Preparação:
1. Deitar no copo a farinha para o isco da levedura, o fermento e água quente.
Programar 2Min./50º/Vel.1
Deixar dentro do copo durante 30Min. ou até dobrar de volume.

2015-03-29 13.25.37 2015-03-29 13.25.55
2015-03-29 13.30.47 2015-03-29 14.06.39

2. Adicionar a farinha e os ovos.
Programar 2Min./Vel. Espiga

2015-03-29 14.08.28 2015-03-29 14.11.02

3. Programar 3Min./Vel.Espiga e adicionar pelo bucal, nos intervalos da Vel. Espiga em que a Bimby descansa, o leite morno.

2015-03-29 14.12.15 2015-03-29 14.14.44

4. Programar mais 3Min./Vel. Espiga e com o copo medida inserido verter o azeite devagar, para que este seja incorporado na massa, lentamente.

2015-03-29 14.16.09 2015-03-29 14.17.04
2015-03-29 14.18.30 2015-03-29 14.19.03

5. Deitar a massa num alguidar grande, que deve estar polvilhado com farinha.
Esta massa vai crescer bastante.
Polvilhar por cima com farinha.
Envolver o alguidar com um cobertor de bebé ou com uma matinha polar.
Tapar com um pano de algodão e tapar bem, colocar dentro do forno desligado durante 2horas.

2015-03-29 14.23.04 2015-03-29 14.25.54

6. Como podem verificar na segunda fotografia, no centro o cobertor tem um alto.
A massa está levedada. :)

2015-03-29 14.26.38 2015-03-29 16.10.17

7. Polvilhar a bancada onde vai trabalhar a massa com farinha.

2015-03-29 16.10.50 2015-03-29 16.14.17

8. Com a ajuda da espátula baixar a massa dentro do alguidar.
Polvilhar com mais um pouco de farinha e descolar a massa das paredes do alguidar.

2015-03-29 16.15.28 2015-03-29 16.16.33

9. Quando a massa estiver já bem soltinha, deitar a massa na bancada.
Formar uma bola. Se necessário, adicionar mais um pouco de farinha, de modo a que a massa não cole nas mãos.

2015-03-29 16.17.27 2015-03-29 16.18.51

10. Pré aquecer o forno a 200º.
Forrar o tabuleiro que irá ao forno com uma folha de papel vegetal.
Quando colocar a massa no forno, dobrar a bola a meio, como se fosse um livro.
Pincelar toda a superfície com azeite.
Diminuir a temperatura para os 180º/30Min.
2015-03-29 16.19.13 2015-03-29 16.19.46

11. É trabalhoso e demorado, mas o resultado final compensa tudo, acreditem!
Retirar do forno e deixar arrefecer embrulhado num pano de algodão, isto se resistirem a não cortar uma fatia.
Claro que foi o que eu fiz, orgulhosa como estava do meu feito, telefonei imediatamente aos meus pais que vieram lanchar connosco.
Quente, ainda a fumegar foi degustado.
2015-03-29 17.32.02 2015-03-29 18.08.06

12. Só por curiosidade, pesei…

2015-03-29 18.03.28

13. Enquanto, preparava o lanche a minha mãe relembrou os dias de Páscoa na casa da minha Avó.
No dia em que se fazia a Visita Pascal, as mesas decoravam-se assim, com panos e toalhas de renda branca imaculada, onde se colocava:
uma laranja, com uma moeda, que alguém levaria no saquinho para a Igreja;
um cálice de vinho para o Sr. Padre degustar, mas só ele;
e a cruz para festejar a Ressurreição de Jesus de Nazaré.
2015-03-29 17.45.54

Na minha terra, a oração que se diz neste dia é assim:
Páscoa é libertação, é amor e renovação da fé, em Nosso Senhor.
Ele, sua vida nos deu demonstrando seu imenso amor.
Sim, por nós Ele morreu, mas na glória ressuscitou.
A mensagem que a Páscoa traz é de amor alegria e esperança, de que no mundo possa haver paz.
Abramos o coração, Páscoa é tempo de partilhar tempo de doar, de fraternidade e comunhão.
É tempo de amar e ao próximo estender a mão.
Aleluia! Aleluia! Cristo ressuscitou!
Feliz Páscoa, para todos vós!

Sugestão:
Podem acompanhar com queijo fresco, compotas, geleias, salpicão, presunto…
Santa Páscoa para todos!

Pizza fina e estaladiça…à Ponte Pedrinha!

O jantar de sexta-feira é quase sempre reservado para o dia em que se come Pizza.
Não existe melhor forma para terminar a semana e dar as boas vindas ao tão desejado fim de semana.
Principalmente, quando as sobrinhas estão cá em casa de férias gosto de as mimar e fazer tudo o que elas e as primas mais gostam.
Férias, são férias e miminhos da Titi, são miminhos bons e para desfrutar!

Sempre que faço pizza, relembro sempre alguns momentos que já vivi e desta vez, não foi diferente!
Quando namorava com o meu marido, ele levava-me a um café de nome Ponte Pedrinha.
Nos anos 90, aqui pela nossa região, não existiam Pizzarias, dignas desse nome, mas existia este cantinho onde comi as melhores Pizzas que alguma vez já provei.
Estas eram feitas pelas mãos de fada da Canducha e servidas com um sorriso aberto pelo Serafim. Um casal maravilhoso, que após alguns anos reencontrei graças ao Facebook.
Hoje, eles estão por terras helvéticas e o Ponte Pedrinha já não serve aquelas pizzas que entre amigos costumava degustar.
Eram tão boas e com um recheio bem composto. Atrevo-me a dizer que a altura do recheio era capaz de ter cerca de 2cm de altura. A sério! Eram qualquer coisa de divinal.
As minhas filhas já sabem de cor e salteado estes pequenos momentos que lhes costumo contar, isto é, recontar :D e quando há pizza cá por casa, elas…” Mãe, fazemos Pizza do Ponte Pedrinha?” :D

Serafim e Canducha este post é para vós, desejo que a vida vos sorria sempre e que vos ofereça o que de melhor há.
Obrigada, por todos os momentos partilhados naquele pequeno cantinho, mas que após 20 anos continuam tão presentes na nossa memória.

Se por vezes as minhas receitas vos fazem regressar ao passado, o que me deixa feliz, os momentos que passei convosco também são relembrados inúmeras vezes.

Até breve…

2014-10-25 13.10.10

Ingredientes:

Para a base:

200g água
50g azeite
1c. chá de sal
400g farinha T55
25g fermento fresco de padeiro

Para o Molho de tomate:

400gr de polpa de tomate (ou o equivalente em tomate maduro)
3 dentes de alho
1/2 cebola
Salsa (podem substituir por orégãos) e sal q.b.
50gr azeite

Preparação:

Base:

1. No copo, colocar a água, o azeite, o sal e o fermento. programar 2Min./37º/Vel.2

2015-01-31 19.03.18

2. Adicionar a farinha e programar 2Min.7Vel. Espiga

2015-01-31 19.06.52 2015-01-31 19.09.27

3. Numa superfície polvilhada com farinha dar-lhe a forma de bola e dividir em duas partes iguais.
Dividi, pois pretendia duas pizzas, mas podem fazer apenas uma e dar o formato redondo ou rectangular.

2015-01-31 19.13.16 2015-01-31 19.14.07

4. Estender com um rolo e dar a forma desejada.
Colocar no tabuleiro polvilhado com farinha, onde irá, posteriormente, cozer.
Deixar descansar, para levedar, enquanto se prepara o molho de tomate.

2015-01-31 19.17.49 

Molho de tomate:

1. Colocar no copo os alhos, meia cebola e o azeite. 5Seg./Vel.5

2015-01-31 19.20.30 2015-01-31 19.21.35

2. Programar 5Min./100º/Vel.1
3. Juntar a polpa de tomate, sal e a salsa fresca ( se usar tomate fresco maduro programar 10Seg./Vel.6 para reduzir a puré)
Programar 10Min./Varoma/Vel.1
No final, programar 8Seg./Vel.9

2015-01-31 19.30.40

Depois do Molho de tomate pronto, chega a hora de rechear.
Aqui, é totalmente a vosso gosto ;)

Deitar um pouco do molho no centro da base e com uma colher, fazer círculos a partir do centro até ficar toda coberta pelo molho.

2015-01-31 19.43.04 2015-01-31 19.42.57

Colocar o recheio.

2015-02-27 20.01.50 2015-02-27 20.02.40

2014-10-25 13.10.10 2015-02-27 20.02.53

Levar ao forno, usei o meu de lenha.
No forno normal, devem pré-aquecer a 200º e cozer cerca de 20Min. ou até a massa estar cozida.

2015-02-27 20.16.22

Sugestão:

Se preferirem uma base alta e fofa é só ver a receita, aqui: http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2014/07/pizza-alta-e-fofa.html

Marcas Technorati:

sexta-feira, 27 de março de 2015

Hambúrguer de Tofu…é Vegan e delicioso!

Sempre que alguém falava acerca deste alimento, confesso que mantinha uma posição anti-consumo!
Tofu? Comer isso? É que nem pensar, eu gosto é de carne!
Até que um dia, ao fazer a lista de supermercado, o meu marido teve a brilhante ideia de o incluir na lista.
Ai, estou tramada! Detesto! (Sem nunca ter provado! São aquelas ideias instaladas e pré-concebidas, enfim!) Mas, respeitei o pedido e lá veio o Tofu cá para casa.
E agora? Como é que eu vou cozinhar isto…e mais importante, as filhotas será que vão gostar? E eu?
Fiz umas pesquisas e de tudo o que vi e li, a minha escolha recaiu nesta receita que hoje vos ofereço!

E não é que gostei? Afinal, não é como eu o imaginava!
O tofu é em alimento feito a partir dos grãos da soja e o seu processamento torna-o um alimento mais concentrado e nutritivo do que o grão original.
É-nos apresentado sob a forma de um bloco grande, branco e esponjoso.
Apesar de não ser muito conhecido, o tofu é um excelente alimento, rico em ferro, cálcio, proteínas e outras substâncias de interesse para a saúde. Muito nutritivo, o tofu é um alimento de baixas calorias.

Na verdade, é um alimento muito versátil e saboroso, mas não tem sabor próprio e por isso precisa de ser temperado.
Devido à sua consistência peculiar, o tofu pode ser preparado de diversas e deliciosas maneiras, pois tem a capacidade de adquirir o sabor de qualquer alimento ou tempero com os quais divida a receita.

Sendo assim, finalmente chega o momento de enfrentar o bloco branco.
Preparados?
E lembrem-se que quando se trata do tofu, as possibilidades são infinitas!

2015-03-06 12.20.58

Ingredientes:

1 cenoura
1 carcaça
1 cebola pequena
2c. de sopa de sopa de cebola em pó
200g de tofu
2c. de sopa de amido de milho
sal e pimenta q.b.
orégãos (podem usar outra erva aromática a gosto)

Preparação:

1. Colocar no copo a cenoura, o pão, a cebola. 10Seg./Vel.5 Reservar
2. Colocar o tofu no copo e programar 5Seg./Vel.6.

2015-03-06 11.29.37 2015-03-06 11.30.12

2015-03-06 11.33.07 2015-03-06 11.35.42

2. Transferir para o copo todos os ingredientes já picados e juntar os restantes.
Programar 10Seg./Vel.5.

2015-03-06 11.38.44 2015-03-06 11.39.28

3. Com a ajuda da  Tupperware Hamburger Press, moldar bolinhas e achatá-las para lhe dar a forma dos hambúrgueres.

2015-03-06 11.48.35 2015-03-06 12.00.03

4. Numa frigideira, colocar um pouco azeite e alourar ambos os lados.

2015-03-06 12.15.41 2015-03-06 12.16.14

5. No final, é servir e esperar que aprovem ;)
Porque escolhi os hambúrgueres? Porque queria “enganar” as filhotas e fui bem sucedida!
Repetiram e só no final lhes contei a verdade :D

Mais uma lição aprendida: formar opiniões, SIM, mas com conhecimento de causa ;)

Irei repetir, certamente!

Marcas Technorati: ,,