Blogue Patrocinado Por

Blogue Patrocinado Por

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Duo de chocolate e nata gelado...

Existem sobremesas que nos fazem viajar no tempo e nos trazem à memória momentos passados em família à volta da mesa.
Esta é uma delas, feita num dia especial...hoje a minha avó paterna faria 100 anos. Seria uma belíssima data para celebrar com ela, mas mesmo sem ela presente para apagar a vela do bolo que certamente lhe faria, este é um dia em que celebro toda a sua vida e a recordo com saudade...
Chamava-se Leopoldina, era magra, baixa, com uma força de viver incrível. Usava sempre, mas sempre saia rodada a tapar o joelho e usava umas soquinhas pretas, fosse inverno ou verão. Adorava dançar e não havia uma única festa em que ela não fosse dar um pé de dança. Também gosto e curiosamente hoje cá na minha vila há festa! É o arraial de S. Sebastião. Agora que sou adulta, vou percebendo que herdei muito dela! Tinha o cabelo branquinho que usava sempre apanhado e não me recordo nunca de a ver com o cabelo solto, nem despenteada. Adorava e usava sempre os mesmos brincos, umas argolas de tamanho médio a que ela chamava de arcádias. Tinha umas perninhas magricelas, tal como eu! :D Era vaidosa, gostava sempre de ter tudo arrumadinho e ai de quem tirasse as coisas do sítio, dava logo conta. Tal como eu! Cozinhava como ninguém e fazia uma carne maravilhosa que eu comia sempre com o mesmo garfo de ferro antigo e com os dentes tortos que era só meu! Abusava do azeite e eu faço o mesmo, diz a minha mãe...e partiu demasiado cedo. Tinha eu 8 anos e foi a primeira vez que vi o meu pai chorar, existem memórias que não se apagam...mas recordo também as imensas alegrias que vivi com ela.
Os rebuçados escondidos no fundo de uma gaveta, a melhor e a mais grossa fatia de bolo quando sabia que eu e a minha mana iríamos lanchar, o colo e o beijo dado sentadas à lareira, a carne e o molho desta comida com migas de pão, o correr rua acima e ela atrás de nós, a última e única ida à torre da igreja para fazer o sino tocar no dia de Páscoa, os saltos na cama dela às escondidas dos outros primos, a almofada enorme, comprida e alta com fronha sempre branca como eu também gosto, o teu sorriso sempre que chegávamos e corríamos para ti...tinha 8 anos e lembro-me de tudo como se fosse hoje...
Parabéns, avó Leopoldina! <3

Ingredientes:
1 embalagem de mousse instantanea
250ml de leite frio
2 pacotes de natas para bater (2x 200ml)
Açúcar q.b. para adicionar ás natas (não usei)
1 pacote de bolacha Maria OU outra a gosto
Cobertura de chocolate:
50g de chocolate de leite
2c. sopa de leite
Preparação:
1. Deitar o leite no copo, colocar a borboleta e adicionar o pacote do preparado para mousse instantânea. Não programar tempo e apenas selecionar a velocidade 3 com o copo medida inserido.


 2. Consegui que a mousse ganhasse consistência em 4Min.
Reservar no frigorífico.

3. Com o copo limpo e seco deitar as natas que devem estar bem geladas. Encaixar a borboleta na lâmina e programar até à velocidade 3-4, sem copo medida inserido. A borboleta faz com que o ar circule dentro do copo, ajudando a dar consistência. Não adicionei açúcar nas natas por opção, mas podem fazê-lo de acordo com o vosso gosto.
Retirar e reservar.
(bati na batedeira velhinha)
4. Partir o pacote de bolachas em pedaços grosseiros ou mais pequenos, é a vosso gosto.
Reservar.

5. Envolver metade das bolachas nas natas e a outra metade na mousse.
6. Numa forma, forrada com película aderente, deitar colheradas de nata e mousse alternadamente.


7. Repetir até terminar, desencontrando sempre os sabores.
No final, barrar por completo.

8. Tapar a forma com película e levar ao congelador, durante cerca de 3horas, antes de servir.
9. Antes de servir, colocar num recipiente próprio para micro-ondas o chocolate partido em pedaços e o leite. Aquecer cerca de 1Min. na temperatura máxima. Misturar bem para derreter.
10. Desenformar o gelado e regar com o chocolate apenas no momento de servir.


A minha avó Leopoldina iria gostar de provar, se bem que ela não gostava muito de gelados, mas este ela iria adorar.
Da esquerda para a direita: Avó Maria José, eu, a minha mãe, a minha irmã e a aniversariante Avó Leopoldina que hoje FAZ 100 anos. Ambas as avós estão lá no céu a olhar por mim, por nós...eu sei que sim! SAUDADES...
Esta é a única foto que tenho com as minhas avós juntas, decorria o ano de 1981 :)






9 comentários:

  1. É uma sobremesa linda! Adoro sabores com história! Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Bem, deve ser cá uma delicia... que até cresce água na boca.
    Mnham, mnham...
    Posso comer uma fatia?? :)
    Bjinhos!!

    Tânia Tiago
    Bimby & sabores da Vida

    ResponderEliminar
  3. Adoro gelados e este parece digno,dos deuses.Onrigada pela partilha.
    Olhando a foto vejo que devemos ser da mesma idade. Bjk
    Raquel http://amigos-da-cozinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar