Blogue Patrocinado Por

Blogue Patrocinado Por

sábado, 5 de agosto de 2017

Brioche Francês...

Historicamente, o Brioche é um dos pães fermentados mais antigos do mundo e acredita-se que a sua produção começou no Norte da França, em Brie.
Os primeiros Brioches foram confecionados com farinha, sal, água e queijo Brie, iguaria que atribuía um tempero especial a esta maravilha. Mas, com o passar do tempo, e como na maioria das receitas, novos ingredientes foram adicionados à receita base.
Pelos arredores de Paris, o queijo Brie foi substituído por leite, ovos, manteiga e açúcar, fazendo um extraordinário sucesso e acreditem transformando-o em algo muito melhor.
Com esta transformação da receita, o Brioche Francês passou a ser um pão de massa fermentada doce, sofisticado e muito apreciado pelos nobres franceses e por mim que o ADORO, pela sua maciez, aroma e sabor inconfundíveis.
Mas...há sempre um mas, a massa do Brioche Francês TEM que ser preparada de véspera!
Pois, eu sei...mas pensem comigo:
preparar de véspera e na manhã seguinte, só ter que o colocar no forno e ao pequeno almoço Brioche quentinho para degustar, haverá algo melhor?
Bonjour!


Ingredientes:
5 Ovos
80g de Açúcar
550g farinha T55
125g Manteiga
175ml Leite
10g Flor de Sal, SALINAS CORREDOR DO SOL
11g levedura em pó FERMIPAN ou 20g fermento fresco
1 Ovo para pincelar (usei apenas água)
Preparação:
1. Num recipiente misturar primeiro os ingredientes secos: farinha, açúcar e sal.
Reservar.
2. No copo da Bimby, deitar o leite, a manteiga e o FERMIPAN
Programar 3Min./37º/Vel.2
Deixar repousar 5Min. de modo a que o fermento seja ativado.
3. Ligar a Bimby, na velocidade 1, sem tempo programado e pelo bucal adicionar os ovos, um a um.
4. Após os ovos estarem todos adicionados, juntar agora a mistura dos ingredientes secos reservados.
Programar 5Min./Vel.Espiga
5. Retirar a massa e colocar num recipiente, tapando-a com um pano húmido por cerca de 1H.


6. Passado esse tempo, retirar a massa do recipiente e colocá-la sob uma bancada polvilhada com farinha.
Moldar a gosto.
Decidi dividir a massa em 2 partes iguais e formei 2 rolos, enroscando um no outro.




Coloquei, então a massa numa forma própria para pão, revestida com papel vegetal e levei ao frigorífico toda a noite, no mínimo 12 horas.
Quando refrigeradas, as massas continuam a fermentar e quando estão no frio por um largo período, a massa fermenta muito melhor e o resultado é um pão sem sabor a fermento e com sabor a pão de verdade!
7. Na manhã seguinte, é só retirar o Brioche do frigorífico e deixar 30Min., à temperatura ambiente.
8. Pré-aquecer o forno a 180º, pincelar com ovo batido OU água e levar a forno e deixar assar até obter uma cor douradinha, cerca de 40Min.








quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Pastéis de Feijão...

Um doce típico de Portugal, cuja receita remonta ao séc. XIX e que tem como ingredientes base a Amêndoa e o Feijão branco.
Chegar até à receita original é impossível, pois claro, mas aproximar-nos é possível, adaptar a nosso gosto é uma tarefa tornada realidade.
Existem muitas receitas, muitas variações, umas que agradam mais, outras menos...então fiz à minha maneira e correu bem!
Em formato Pastel ou até mesmo em Tarte de Feijão faz sempre as delícias cá de casa.
O êxito deste doce prende-se aos detalhes com que são feitos, com os pormenores, mais até do que com o segredo das quantidades dos ingredientes.
Quanto à sua qualidade...bem essa, está intimamente ligada à minúcia da própria confeção que faz dele um doce sublime.
Dar atenção aos pequenos detalhes faz com que o resultado final de qualquer receita seja simplesmente deliciosa. ;)


Ingredientes:
3 ovos + 4 gemas
100g Feijão branco cozido
80g Amêndoa
150g Açúcar
100ml água
casca de 1 Limão
1 Placa de Massa Folhada
Açúcar em pó q.b.
Preparação:
1. No copo da Bimby deitar a água, a casca do Limão e o açúcar.
Programar 8 Min./100º/Vel.2
2. Retirar a casca do Limão.
Retirar os copo da base, até que atinja a temperatura 60º.
3. Voltar a colocar o copo na base, adicionar a Amêndoa e o Feijão.
Programar 10Seg./Vel.5


 4. Juntar os ovos e as gemas. 5Seg./Vel.5
Reservar.


5. Enrolar a base de massa folhada e dividir em porções com 2cm de largura.
Forrar as formas próprias para pastel.




 6. Deitar o preparado na formas até encher.
Polvilhar com uma camada generosa de açúcar em pó.


7. Levar ao forno a 200º/ cerca de 20Min.


Retirar do forno, deixar a temperatura estabilizar por 10Min., polvilhar com mais um pouco de açúcar em pó e servir.
Mornos ou frios, serão uma delícia!





terça-feira, 1 de agosto de 2017

Cornucópias...

As Cornucópias... sejam em versão doce ou salgada, apresentam-se sempre em forma de cone de massa folhada ou até mesmo massa brioche ou de empada.
Com recheios diversos: de atum, saladas frias nas versões salgadas ou creme de pasteleiro, ovos moles ou creme de ovo para as versões doces.
Tradicionalmente, a Cornucópia, a sua forma inspira-se na de um vaso com feitio que lhe dá a sua característica própria e que na Antiguidade simbolizava a fertilidade e a abundância, pois do seu interior jorravam frutos e flores. 
Hoje, decidi experimentar e nem mesmo o facto de não ter as formas adequadas me demoveu. Improvisei e fiz umas forminhas que ficaram perfeitinhas e são super fáceis de fazer!
Aqui estão elas...


Ingredientes:
1 base de massa folhada
100g açúcar
450ml leite
4 ovos
50g farinha Maizena
Casca de Limão
Preparação:
1. Fazer pequenos cartuchos de papel e revestir com papel de alumínio, seguindo os seguintes passos.
No final, obterão as forminhas das Cornucópias.
A parte circular deve ficar totalmente preenchida com papel de alumínio de forma a criar uma base para que estas se mantenham em pé.


2. Desenrolar a placa e cortar com a ajuda de um cortador, em tiras de 2cm.


3. Enrolar as tiras nas formas, começando pela ponta mais fina até cerca de 2cm do fim.
(Como experiência forrei 2 cones até ao extremo, partiram ao desenformar)
 

4. Numa tigela, deitar um ovo, pincelar os cones.
Os cones deverão estar colocados num tabuleiro forrado com papel vegetal (aproveitei o da base da massa folhada) e vão ao forno na posição vertical a 200º/10-12Min. ou até dourarem.


5. Após o tempo terminado, abrir a porta do forno e deixar a temperatura estabilizar cerca de 5Min.
Retirar e desenformar ainda mornos, com cuidado.




Deixar arrefecer as Cornucópias.
Creme para Recheio:
1. Deitar todos os ingredientes do Creme no copo da Bimby, exceto a casca do Limão.
Programar 6Seg./Vel.5

2. Adicionar as cascas de Limão.
Programar 10Min./90º/Vel.2

3. Deixar arrefecer o creme.
Rechear as Cornucópias.


Sugestões de outros Recheios:

terça-feira, 25 de julho de 2017

Bolo Fofo de Cereja...

Para o lanche, sai um Bolo!
E este bolo é tão fofinho, mas tão fofinho que mais parece um pedaço de algodão...
Quantas vezes se deparam com claras em excesso guardadas num Tupperware ou em sacos de cubos de gelo numa qualquer gaveta do vosso congelador? Pois, várias não é?
Pelo menos, no meu congelador acontece várias vezes...e chega uma altura em que quero é usá-las!
Se estiverem em sacos de cubos de gelo, aí o destino delas é para fazer Espumas dos mais variados sabores, se estiverem agrupadas em conjuntos de 8 a 10, aí o destino delas será mesmo Molotoff na Varoma , Torta de Claras , Bolo de Amoras Silvestres ou o simples, mas não menos delicioso Bolo Prata !
Depois, nessas mesmas gavetas do congelador, existem frascos e frascos de compotas armazenados dos mais variados sabores, retiras um...e lá vem o Doce de Cereja !
Noutra gaveta...gemas congeladas! Credo, vamos lá fazer qualquer coisa com isto tudo! :D
A combinação não poderia ter sido melhor: simplesmente delicioso, mimoso e tãoooooo fofo!
Tão fofinho, tão delicioso que quase que desapareceu num piscar de olhos.
Experimentam? ;)


Ingredientes:
10 Claras (Ver aqui: Claras congeladas, o que fazer? )
5 Gemas
200g Doce de Cereja ou outro a gosto
150g farinha T55
1c. chá de fermento ROYAL
125g Açúcar SIDUL
Preparação:
1. No copo da Bimby colocar as gemas já descongeladas, e o açúcar.
Colocar a Borboleta e programar 7Min./37º/Vel.3
2. Bater as claras em castelo.
Adicionar o doce de Cereja e envolver delicadamente.
Reservar.


3. Adicionar ao preparado das gemas a farinha e o fermento.
Programar 15Seg./ Vel.3


4. Verter o preparado do bolo nas claras em castelo e envolver muito delicadamente.


5. Pré-aquecer o forno a 180º
6. Untar a forma com manteiga, polvilhar com farinha.
Verter o preparado do bolo, alisar a superfície.
Levar ao forno, durante 45Min.
7. Retirar do forno, deixar a temperatura estabilizar durante 10Min. e só depois desenformar.
Polvilhei o topo com açúcar em pó, só para ficar mais bonito. ;)