Blogue Patrocinado Por

Blogue Patrocinado Por

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Bolo...

Com o passar dos anos, com o passar do tempo começamos a fazer despedidas para sempre...
Chega aquela altura da vida em que nos despedimos das pessoas que amamos e que sempre estiveram connosco...
Muitos de vós, notaram que desde há algum tempo que as publicações aqui no Blog, simplesmente abrandaram, tornaram-se mais escassas e esta paragem forçada teve e tem um motivo bem forte...
Perdi o meu Tio Hermínio na semana passada, mas antes do dia da partida estive com ele sempre que pude, porque ele precisava de mim e de todos os que o amavam.
Foram 2 anos de muito sofrimento pautados de altos e baixos, mais baixos do que altos, a perda de um filho, mas a cada alto era uma pequena vitória que nos deixava felizes.
Foi um lutador, lutou sempre, mas um dia a doença foi mais forte do que ele...
O meu tio era uma pessoa excecional e jamais partirá do meu coração...
Durante as últimas semanas da sua vida presenteei-o com muitos miminhos doces que ele gostava, fiz muitas receitas de propósito para ele e este bolo simples foi um deles... e foi dos últimos... já pouco comeu, mas ainda me disse: "Gosto muito dos teus bolos, gosto muito de ti..."


Ingredientes:
200g manteiga
200g açúcar
4 ovos
300g farinha T55
1c. chá de fermento para bolos
50ml de leite
raspa de 1 Limão
Preparação:
1. Colocar no copo a manteiga e o açúcar.
Programar 1Min./Vel.4
2. Adicionar os ovos, a farinha, o fermento, a raspa de limão e o leite.
Programar 30Seg./Vel. 3
3. Untar uma forma de coroa com manteiga e farinha.
Verter o preparado do bolo.
Levar ao forno a 180º/45Min.
4. Retirar a forma do forno e deixar arrefecer cerca de 15Min.
Desenformar.


Acompanhar com um chá quentinho para nos confortar nestes dias frios...

“A morte não é nada.
Eu somente passei para o outro lado do Caminho.
Eu sou eu, vocês são vocês.
O que eu era para vocês, eu continuarei sendo.
Me deem o nome que vocês sempre me deram, falem comigo como vocês sempre fizeram.
Vocês continuam vivendo no mundo das criaturas, eu estou vivendo no mundo do Criador.
Não utilizem um tom solene ou triste, continuem a rir daquilo que nos fazia rir juntos.
Rezem, sorriam, pensem em mim.
REZEM POR MIM.
Que meu nome seja pronunciado como sempre foi, sem ênfase de nenhum tipo.
Sem nenhum traço de sombra ou tristeza.
A vida significa tudo o que ela sempre significou, o fio não foi cortado.
Porque eu estaria fora de seus pensamentos, agora que estou apenas fora de suas vistas?
Eu não estou longe, apenas estou do outro lado do Caminho…
Você que aí ficou, siga em frente, a vida continua, linda e bela como sempre foi.”
Santo Agostinho

4 comentários:

  1. Um beijinho grande de conforto, e força para ultrapassar os momentos difíceis da vida.

    ResponderEliminar